A volta do Caboclo e da Cabocla encerra as comemorações do 2 de Julho

As comemorações pela Independência do Brasil na Bahia ainda não terminaram! Após cinco dias de comemoração, a Prefeitura de Salvador, através da Fundação Gregório de Mattos (FGM), promove nesta terça-feira (05), às 18h30, a volta do Caboclo e da Cabocla. No evento, os carros simbólicos saem do Campo Grande e retornam à Lapinha regados a muita alegria e manifestações populares.


Um dos principais destaques é a Orquestra do Maestro Reginaldo de Xangô, que há mais de 25 anos integra essa programação. Após dois anos sem a cerimônia, o grupo anseia por esse retorno com muita emoção, por isso seus integrantes preparam uma performance bem cívica e vitoriosa. “Amanhã será a grande apresentação, pois poderemos levar nossos heróis de volta, celebrar a vida e a oportunidade que os caboclos nos dão”, destaca Rita Barbosa, líder do grupo.


Ela ainda explica que a apresentação é um contrato firmado entre a banda e os caboclos: “a gente faz esse trabalho com amor e carinho, é um momento que nós nos divertimos. Nós temos essa devoção, está ali nosso sagrado, nosso cívico, nossa representatividade e nossa energia”.

Além da Orquestra do Maestro Reginaldo de Xangô, outros grupos culturais se unem ao cortejo da volta dos caboclos. Cada vez mais popular, esse é um importante momento das comemorações em torno do 2 de Julho. Em um cortejo mais acelerado, a população devolve os carros emblemáticos ao pavilhão que os preservam, num movimento de despedida de seus heróis para o próximo ano de celebrações.


Fonte: Fundação Gregório de Mattos




Pesquisa online[.png
Youtube.png
Facebook.png
instagram ighb.png