ADIADO lançamento de livro sobre arcos e bondes de Salvador

FOI ADIADO o lançamento da segunda edição do livro "Os Arcos e Bondes de Salvador: resgatando a memória urbana de Salvador" (Edufba), de autoria das arquitetas Cybèle Celestino Santiago e Karina Matos de Araújo F. Cerqueira.


UMA NOVA DATA SERÁ POSTERIORMENTE INFORMADA.

A publicação apresenta um resgate da memória do velho transporte de Salvador que circulou, regularmente, antes dos ônibus: os bondes. Deslocando-se sobre trilhos, foram introduzidos com o objetivo de interligar os bairros da cidade entre si e a cidade com os seus arrabaldes. A princípio, o sistema de tração era animal (burros), posteriormente à vapor (locomotivas) e, em sua última fase, os bondes, circularam com tração elétrica. Inclusive, graças aos empresários dos bondes é que a eletricidade chegou a Salvador. Igualmente graças a estes empresários, foram abertas novas vias e criados diversos viadutos, elevadores e planos inclinados. Os viadutos arqueados, pelos quais passavam os bondes, eram chamados de “arcos”. Os bondes desapareceram em 1961, deixando saudades. O 2º e o 3º arcos desapareceram poucos anos depois, para dar lugar a novas avenidas. O 1º arco foi engolido pela cidade e pouca gente, hoje, lembra-se da sua localização.


Este é o primeiro livro elaborado abordando especificamente esses dois assuntos, arcos e bondes. É um livro de leitura fácil, que agradará historiadores, arquitetos, urbanistas e geógrafos, mas seguramente também agradará os saudosistas, antigos usuários ou admiradores dos simpáticos veículos, ou aquelas pessoas que simplesmente gostam de conhecer a história de Salvador.


No dia do lançamento, haverá uma exposição de aquarelas com bondes, da autoria do arquiteto baiano, professor e artista plástico, Marcelo Silva. Além de aquarelas, Silva pinta quadros a óleo, com tinta acrílica. Já participou de algumas exposições individuais e coletivas.


O IGHB é uma das instituições apoiadas pelo Governo do Estado da Bahia.

Funciona de segunda a sexta, das 13h às 18h.


Apoiam o lançamento: Crea-BA, CAU-BA, Escola Politécnica da Ufba.







Pesquisa online[.png
Youtube.png
Facebook.png
instagram ighb.png