Inscrições ENCERRADAS para o curso "Conhecer e entender Salvador: desafios da contemporaneidade"

ATENÇÃO: INSCRIÇÕES ENCERRADAS

Curso: CONHECER E ENTENDER SALVADOR: DESAFIOS DA CIDADE NA CONTEMPORANEIDADE

Realização: Setor de Geografia do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia

Coordenação: Dr. Nilton Souza Santana - Professor do Instituto Federal da Bahia - IFBA


Período: maio a setembro de 2021

Primeira aula: 13 de maio de 2021

Carga horária total: 40 horas

Aulas semanais: quartas-feiras

Horário: 19h às 21h

Modalidade: Virtual

Número máximo de participantes: 50 pessoas

Objetivo: Analisar aspectos fundamentais que estruturam e dinamizam a cidade do Salvador, na perspectiva de contribuir para maior compreensão das suas demandas socioespaciais, apresentando possibilidades e encaminhamentos que auxiliem na superação dos principais desafios.

Público-alvo: Professores do ensino fundamental e médio, Gestores e Estudantes Graduação e demais público interessado.



Programação:

MÓDULO 01 – A QUESTÃO AMBIENTAL NA CIDADE DE SALVADOR

Datas: 13, 20, 27 de maio e 03 de junho

Colaboradores: Professores Doutores - André Dantas, Jémison Mattos, Nilton Santana e Ricardo Machado. Ementa: A cidade do Salvador, Clima, Geomorfologia e o complexo geoambiental, Vulnerabilidades e riscos socioambientais, Indicadores ambientais.


MÓDULO 02 –CONTEXTOS SOCIOESPACIAIS DE SALVADOR: DESAFIOS E POSSIBILIDADES

Datas: 08,15, 22 e 29 de julho

Colaboradores: Professores Doutores - Cristóvão Brito, James Amorim, Jânio Santos, Joílson Cruz. Ementa: Espaço urbano, Produção espacial e Reprodução social, Infraestrutura urbana e Desigualdade socioespacial

MÓDULO 03 – SALVADOR NO SÉCULO XXI

Datas: 05, 12, 19 e 26 de agosto

Colaboradores: Técnicos dos órgãos públicos e prof. Dr Davi Félix

Ementa: Questões populacionais, socioeconômicas, ambientais e sanitárias


MÓDULO 04 –VER E VIVER SALVADOR – Módulo avaliativo

Datas: 02,09,16,23,30 de setembro

Colaboradores: Os participantes do Curso Ementa: O olhar cidadão nas experiências citadinas.

Metodologia:

Aulas expositivas (virtuais), Leitura e discussão de livros, artigos, Apresentação de filmes e outros elementos audiovisuais.

Avaliação:

PORTFÓLIO (06 a 10 páginas), de acordo com as normas da ABNT.

Participação nas aulas (presença mínima: 06 aulas).

Bibliografia recomendada:

MARCONDES, M.J.A. (1999): Cidade e natureza: Proteção dos Mananciais e exclusão social. FAPESP/EDUSP/Studio Nobel, São Paulo

MENDONÇA, F. - Riscos, vulnerabilidade e abordagens socioambiental urbana: uma reflexão a partir da RMC e de Curitiba. Revista Desenvolvimento e Meio Ambiente, Curitiba, n. 10, p. 139-148, 2004b.

SANTOS, E. et al – O Caminho das Águas em Salvador: Bacias Hidrográficas, Bairros e Fontes. Salvador: CIAGS/UFBA; SEMA, 2010.

SALVADOR – SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA DO MUNICIPIO DE SALVADOR – Relatório-Síntese do Plano Diretor de Encostas de Salvador. Salvador, 2004.

SALVADOR – PDDU – Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano da Cidade de Salvador. Salvador, 2004.

BAHIA. Secretaria Municipal do Planejamento, Urbanismo e Meio Ambiente. Bacias

Hidrográficas no Município de Salvador: Iniciativa de Gestão Integrada. Salvador:

PMS/SEPLAN/SMA, 2006.

ANDRADE, A. B.; BRANDÃO, P; R. B. (Orgs.). Geografia de Salvador. 2ª edição. Editora: EDUFBA, 2009.

CODESAL, Defesa Civil de Salvador. Sistema de Gestão da Defesa Civil - SGDC. Salvador, 2017.

CAVALHEIRO, F. Urbanização e alterações ambientais. In: TAUK, S. M. Análise ambiental: uma visão multidisciplinar. São Paulo: UNESP, FAPESP, SRT, FUNDUNESP, 1991. p. 88 - 99.

CHRISTOFOLETTI, Antônio. Geomorfologia. 2° ed. São Paulo, Editora Edgard Blücher, 188p. 1980.

BARROS, J. R. e ZAVANTINI, João A. Bases conceituais em climatologia geográfica. Mercator – Revista de Geografia da UFC, ano 08, N.16.2009.

CODESAL, Defesa Civil de Salvador. Sistema de Gestão da Defesa Civil - SGDC. Salvador, 2017.

CAVALHEIRO, F. Urbanização e alterações ambientais. In: TAUK, S. M. Análise ambiental: uma visão multidisciplinar. São Paulo: UNESP, FAPESP, SRT, FUNDUNESP, 1991. p. 88 - 99.

CHRISTOFOLETTI, Antônio. Geomorfologia. 2° ed. São Paulo, Editora Edgard Blücher, 188p.

1980.

ESTEVAM, A.L.D. Climatologia Geográfica e impactos ambientais urbanos na cidade de Salvador, BA. Ed. Lab Cria e Conecta. Santo Antônio de Jesus, BA. 2019.

MONTEIRO, C. A F.; MENDONÇA, F. (Orgs). Clima Urbano. São Paulo: Editora Contexto, 2003.192p

SANTOS, J.M. dos. Geomorfologia e as condições ambientais da bacia do Paraguari. V SINAGEO. 2002. (Simpósio).

SANTANA, N. S. Análise da vulnerabilidade ambiental de Salvador: um subsídio ao planejamento e a gestão territorial da cidade. Programa de Pós-Graduação em Geologia. Universidade Federal da Bahia. IGEO. Tese de Doutorado. 2014.

ANDRADE, D.C; ROMEIRO, A.R. (2009): Serviços ecossistêmicos e sua importância para o sistema econômico e o bem-estar humano. IE/UNICAMP n. 155. Campinas.

ARAUJO, M.A.R. (2007): Unidades de Conservação no Brasil: da República à Gestão de Classe Mundial. SEGRAC, Belo Horizonte.

FERNANDES, C.M; CARVALHO, I.M.M. (2014): “Organização do território e desigualdades sociais na Região Metropolitana de Salvador” em CARVALHO, I.M.M; PEREIRA, G.C (Editores): Salvador: transformações na ordem urbana. Letra Capital/Observatório das Metrópoles, Rio de Janeiro.

FLEXOR, M.H.O. (2011): “Salvador e o higienismo nos séculos XIX e XX”, em A urbanização de Salvador em três tempos – Colônia, Império e República. Instituto Histórico e Geográfico da Bahia, Salvador.


REALIZAÇÃO:

Instituto Geográfico e Histórico da Bahia

Apoio: Secretaria de Cultura do Estado da Bahia

Coordenação do Setor de Geografia do IGHB – Dra Creuza Santos Lage

Parceria: IFBAIANO, IFBA, UFBA, UEFS, UNEB


Link de inscrição:

https://www.sympla.com.br/conhecer-e-entender-salvador--desafios-da-cidade-na-contemporaneidade__1198822?qrcode=true


Horário de funcionamento do IGHB

 

Visitação: de segunda a sexta, das 13h às 18h

 

Biblioteca: de segunda a sexta, das 13h às 18h

 

Arquivo: de segunda a sexta, das 13h às 17h

 

Administrativo: de segunda a sexta, das 13h às 18h