top of page

IGHB exibe documentário Maré Bruta nesta terça (3) de outubro, às 17h30, com debate e exposição

Na próxima terça-feira (3) de outubro, às 17h30, o Instituto Geográfico e Histórico da Bahia vai exibir o documentário (com exposição e debate) MARÉ BRUTA, que trata dos impactos que as comunidades pesqueiras artesanais sofreram com o derramamento de óleo que atingiu, principalmente, a costa nordestina a partir de 2019. 


Com direção de Eduardo Mafra, a equipe da Universidade Federal da Bahia, como a professora Rita Rêgo e a pesquisadora Louise Machado visitou as comunidades pesqueiras de Sítio do Conde e Canavieiras, ambas da Bahia.


O documentário tem 30 minutos de duração, retraça o histórico do derramamento, discorre sobre os diversos impactos na cadeia produtiva pesqueira artesanal e nas comunidades em si, além de ressaltar a importância da preservação destas comunidades.


A exposição traz dez imagens que mostram os impactos do derramamento de óleo que atingiu principalmente a costa nordestina a partir de 2019. O curta foi lançado em novembro de 2022 e está disponível gratuitamente no YouTube (https://www.youtube.com/@marebruta). 


Com curadoria da artista plástica Helaine Ornelas, as fotos de Mafra trazem uma visão documental e artística das comunidades e do seu entorno, incluindo fotos do mangue, do rio e do mar, além das marisqueiras e pescadores, nas cidades de Sítio de Conde, Canavieiras e Salvador.


O IGHB é uma das instituições apoiadas pelo programa Ações Continuadas a Instituições Culturais, iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) através do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA). Funciona de segunda a sexta, das 13h às 18h.






Comentários


Pesquisa online[.png
Youtube.png
Facebook.png
instagram ighb.png
bottom of page