Avenida Joana Angélica, 43 - Piedade - Salvador - BA - CEP 40.050-001 Fones: (71) 3329-4463 / 3329-6336  - Email: ighbahia@gmail.com

IGHB - Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.

Legado do Segundo Congresso Afrobrasileiro (81 anos) será debatido no Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, de 11 a 13 de setembro

10/09/2018

Legado do Segundo Congresso Afrobrasileiro (81 anos) será debatido no Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, de 11 a 13 de setembro 

 

 

 

 

 

 

 

O legado do Segundo Congresso Afrobrasileiro, realizado em Salvador, em 1937, será lembrado de 11 a 13 de setembro, na sede do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia.

Durante o encontro, que vai reunir dezenas de especialistas de todo o país, estará em debate a realidade da população afro-brasileira e a valorização da contribuição africana para a formação da sociedade.

Serão temas das comunicações: “Culturas Negras: problemas de aculturação no Brasil”, “Ligeira explicação sobre a Nação Congo”, “Influência da mulher negra na educação do brasileiro”, “O negro e a cultura no Brasil”, “O mundo religioso do negro da Bahia”, “Castro Alves e a poesia negra da América”, “Deuses africanos e santos católicos nas crenças do negro do novo mundo”, “A liberdade religiosa no Brasil: a macumba e o batuque em face da lei”, “Presença africana na música nacional de Cuba”, “A concepção de Deus entre os negros iorubas”.

A metodologia dos trabalhos prevê que os especialistas convidados façam uma leitura crítica dos textos publicados nos Anais do II Congresso, atualizando os temas tratados em cada um deles.

Há 81 anos, sob a coordenação da Comissão Executiva formada por Edison Carneiro, Martiniano Bonfim, Aydano do Couto Ferraz, Azevedo Marques e Reginaldo Guimarães; os objetivos principais do congresso, ocorrido de 11 a 20 de janeiro,eram estudar a influência do elemento africano no desenvolvimento do Brasil, sob o ponto de vista da etnografia, do folclore, da arte, da antropologia, da história, da sociologia do direito e da psicologia social.

O 2º Congresso Afro-Brasileiro centralizou o debate na realidade da população afro-brasileira, tendo em consideração que nele tomaram parte não só os intelectuais e estudiosos da temática afrodescendente, participaram também sacerdotes do culto afro, ou povo de santo, que de forma inédita, até aquele momento, abriram os terreiros e barracões, realizando atividades especialmente para os participantes do Congresso.

O público também terá acesso a publicações de jornais de 1937, com a cobertura do congresso. Um estande da Edufba será montado com livros da temática, no panteon do IGHB.

O livro “O intelectual feiticeiro: Edison Carneiro e o campo de estudos das relações raciais no Brasil” (Ed. Unicamp), de autoria do professor Gustavo Rossi, encerrará o evento.Trata da trajetória do jornalista, etnógrafo e fol­clo­rista Edison Carneiro, intelectual baiano, cujos trabalhos esti­veram decisivamente implicados no desenvolvimento das pesquisas sobre as relações raciais e as culturas de origem africana no Brasil.

 

O evento é promovido pelo IGHB com patrocínio do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia(IPAC)/Secult/GovBA, e apoio do Centro de Estudos Afro-Orientais da Ufba.

 

Mais informações no site www.ighb.org.br

 

 

Acompanhe a programação completa:

 

Dia 11/09 (terça-feira)

8h30 às 9h30- Credenciamento

9h30 às 10h - Abertura: Eduardo Morais de Castro, Arany Santana, João Carlos Oliveira, Joilson Rodrigues de Souza

10h - Conferência de Abertura – Prof. Dr. Gustavo Rossi

11h - Debate

12h - Intervalo para Almoço

14h - Comunicação: Um sistema de referência para o estudo dos contatos raciais e culturais, Donald Pierson – Prof. Dr. Lívio Sansone

15h - Comunicação: Culturas Negras: problemas de aculturação no Brasil, Artur Ramos – Prof. Dr. Cláudio Pereira

16h - Comunicação: Os ministros de Xangô, Eliseu Martiniano do Bonfim – Prof. Dr. Fábio Lima

17h - Comunicação: Ligeira explicação sobre a Nação Congo, Manuel Bernardino da Paixão – Prof. Dr. Marlon Marcos

 

Dia 12/09 (quarta-feira)

9h-Comunicação: Influência da mulher negra na educação do brasileiro, Amanda Nascimento –Profa. Dra. Florentina Souza

10h - Comunicação: Notas sobre Comestíveis Africanos – Profa. Me. Lindinalva Barbosa, Prof. Dr. Jeferson Bacelar

11h - Comunicação: O Negro e o espírito guerreiro nas origens do Rio Grande do Sul,  Dante de Laytano – Profa. Dra. Cintia Muller

12h - Intervalo para Almoço

14h - Comunicação: O negro e a cultura no Brasil, Renato Mendonça – Profa. Dra. Yêda Pessoa de Castro

15h - Comunicação: O mundo religioso do negro da Bahia, Vitorino dos Santos – Prof. Doutorando. Jaime Sodré

16h - Comunicação: Elogio a um chefe de seita, Jorge Amado – Prof. Dr. Gildeci Leite

17h - Comunicação: Castro Alves e a poesia negra da América, Aydano do Couto Ferraz – Prof. Dr. Sílvio Roberto Oliveira

 

Dia 13/09 (quinta-feira)

9h - Comunicação: Deuses africanos e santos católicos nas crenças do negro do novo mundo, Melville J. Herskovits – Prof. Dr. Nicolau Parés

10h - Comunicação: Costumes e práticas do negro, Ademar Vidal – Prof. Dr. Walter Fraga

11h - Comunicação: Contribuições Bantus para o sincretismo fetichista, Reginaldo Guimarães – Prof. Doutorando Anselmo Santos

12h - Intervalo para Almoço

14h - Comunicação: A liberdade religiosa no Brasil: a macumba e o batuque em face da lei, Dário de Bitencourt – Prof. Dr. Jocélio Teles

15h - Comunicação: Presença africana na música nacional de Cuba, Salvador Garcia Argüero – Profa. Me. Alessandra Carvalho da Cruz

16h - Comunicação: A concepção de Deus entre os negros iorubas, Ladipô Sulankê – Profa.  Dra. Vanda Machado

17h - Lançamento do livro: O intelectual feiticeiro: Edison Carneiro e o campo de estudos das relações raciais no Brasil

 

 

SERVIÇO

Simpósio II Congresso Afro-Brasileiro: uma releitura 81 anos depois

11 a 13 de setembro de 2018

Instituto Geográfico e Histórico da Bahia

Avenida Joana Angélica, 43 – Piedade

www.ighb.org.br

Assessoria: 71 3329 4463/ 99974 5858 (Cleide Nunes)

Coordenador: Jaime Nascimento - 71 99308 7315

INSCRIÇÕES ENCERRADAS

Transmissão ao vivo pelo facebook

Please reload

Horário de funcionamento do IGHB

 

Visitação: de segunda a sexta, das 13h às 18h

 

Biblioteca: de segunda a sexta, das 13h às 18h

 

Arquivo: de segunda a sexta, das 13h às 17h

 

Administrativo: de segunda a sexta, das 13h às 18h