Avenida Joana Angélica, 43 - Piedade - Salvador - BA - CEP 40.050-001 Fones: (71) 3329-4463 / 3329-6336  - Email: ighbahia@gmail.com

IGHB - Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.

"Dona Leopoldina, Princesa da Áustria" é tema de conferência no IGHB

16/11/2017

Dona Leopoldina, Princesa da Áustria – Imperatriz do Brasil é tema de conferência que acontece no Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, dia 21 de novembro, às 17 horas. Será ministrada pela escritora Glória Kaiser,  por ocasião de 200 anos da chegada da Leopoldina no Brasil, 5 de novembro de 1817.

 

 

 

 

Confira o resumo:

“Não oprimas os pobres; sê benevolente”. Carolina Josefa Leopoldina ficou muito feliz (contente) com o destino de se casar com o príncipe herdeiro português Pedro de Bragança e mudar para o Brasil. Tudo parecia um conto de fadas. Leopoldina chegou no dia 5 de novembro de 1817 no Rio de Janeiro e lá os noivos se viram pela primeira vez e agradaram-se um do outro. Durante os primeiros meses de casamento estavam ambos apaixonados. Entretanto, a vida cotidiana mostrava que os dois herdeiros reais, cujo casamento fora arranjado por motivo político, eram totalmente diferentes em temperamento e educação.

Dona Leopoldina deu apoio ao seu marido Pedro, um pouco inexperiente na política, e em setembro de 1822, a assinatura de Dona Leopoldina consta da declaração que tornava o Brasil independente.

Dona Leopoldina amava o Brasil e o povo brasileiro acima de tudo. E esse amor que tinha à sua nova terra natal era tão intenso que se negava a viajar (voltar) para a Europa. Ela deu a luz a seis filhos e não chegou a completar trinta anos de idade. Morreu em 11 de dezembro de 1826, no Rio de Janeiro.

Visitou a Bahia, Salvador, em fevereiro de 1826, acompanhou de D. Pedro.  Comunicou a sua irmã Maria Luísa: “Jamais havia visto lugar mais paradisíaco. Esta cidade parece um ninho de águias suspenso sobre o mar. Qual arquitetura maravilhosa! A Bahia revela-se um superlativo quanto ao colorido e a intensidade da floração e as carinhosas pessoas ...”       

Please reload

Horário de funcionamento do IGHB

 

Visitação: de segunda a sexta, das 13h às 18h

 

Biblioteca: de segunda a sexta, das 13h às 18h

 

Arquivo: de segunda a sexta, das 13h às 17h

 

Administrativo: de segunda a sexta, das 13h às 18h