Avenida Joana Angélica, 43 - Piedade - Salvador - BA - CEP 40.050-001 Fones: (71) 3329-4463 / 3329-6336  - Email: ighbahia@gmail.com

IGHB - Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.

Carlos Eugênio Junqueira Ayres lança “Contos absurdos e outros nem tanto”

27/10/2017

 

“No dia 28 de outubro, sábado, a partir das 12h30, o escritor Carlos Eugênio Junqueira Ayres irá lançar seu quarto livro, “Contos absurdos e outros nem tanto”, pela editora Mondrongo, na Confraria do França, Rua Lydio de Mesquita (Medalha Milagrosa), no Rio Vermelho, em Salvador. O desenho de capa é do chargista Valtério.

 

 

 

 

 


A obra é uma coletânea de textos curtos, de quase realismo fantástico, sem explicação ou improváveis de acontecer ― embora aconteçam. Na avaliação de Gerana Damulakis, membro da Academia de Letras da Bahia, que escreveu a orelha do livro, a obra revela “a obsessão, a estranheza, o excesso de curiosidade, a necessidade de fechar as épocas, o acordar para a realidade; todos os conteúdos ricos pela maneira igualmente poderosa com a qual nos afligem (...)”.
O autor iniciou suas atividades literárias com o romance “O mistério do engenho”, vencedor do Prêmio Copene (hoje Braskem) de Cultura e Artes, modalidade Ficção, publicado em 1999 pela Fundação Casa de Jorge Amado. Ligado ao Recôncavo Baiano, Carlos Eugênio conta nessa obra uma história de mistério, aventuras e descobrimentos no tempo em que aquela região tinha como principal matriz econômica a cana-de-açúcar.
O seu segundo livro, de contos, “A rede do coronel”, também vencedor de um prêmio, do Governo do Estado, publicado em 2006 pela Coleção Selo Letras da Bahia, reúne histórias que também têm como cenário o Recôncavo Baiano, abordando a vida de personagens daquela região.
Em 2009, Carlos Eugênio Junqueira Ayres reuniu em um volume diversas crônicas publicadas em jornais baianos ao longo de anos, com textos leves, engraçados, abordando sempre acontecimentos diversos, livro esse de título “O galo Bin Laden e outras crônicas bem-humoradas”, publicado pela Empresa Gráfica da Bahia, onde era jornalista à época.
A partir dessa terceira obra, o autor abandona os textos longos, acompanhando a tendência do leitor em se interessar mais por narrativas concisas, mas não destituídas de conteúdo e de atrativos. 
E é nessa direção que lança agora em 2017 os “Contos absurdos”, que são absurdos mesmo e prometem aos leitores uma reflexão sobre o improvável e o inexplicável.”

 

 

 

Please reload

Horário de funcionamento do IGHB

 

Visitação: de segunda a sexta, das 13h às 18h

 

Biblioteca: de segunda a sexta, das 13h às 18h

 

Arquivo: de segunda a sexta, das 13h às 17h

 

Administrativo: de segunda a sexta, das 13h às 18h